As melhores ferramentas para pequenos negócios

Em primeiro lugar, quando o assunto é empreender e ter o seu próprio negócio, toda ajuda é válida. Dessa forma, é imprescindível que a gente selecione algumas ferramentas para pequenos negócios que facilitem nosso caminho. Com elas é possível tornar nossos empreendimentos mais organizados e lucrativos.

É claro que existem inúmeras ferramentas para pequenos negócios disponíveis no mercado. No entanto, hoje trago algumas opções que possuem versões gratuitas e oferecem um ótimo retorno para seus usuários. Afinal, como pequena empreendedora, conheço a realidade da maioria das confeiteiras e sei que nem sempre temos verba disponível para esse tipo de investimento.

Sendo assim, conheça algumas ferramentas para pequenos negócios que vão ajudar a transformar seu dia a dia!

Google Sheets: uma ferramenta para pequenos negócios com várias utilidades

O Google Sheets é uma ótima opção para quem tem que dar conta de muitas coisas ao mesmo tempo. Como sabemos bem, esse é o caso da maioria das confeiteiras empreendedoras do Brasil! Dessa forma, ter uma boa organização é o diferencial de qualquer negócio. O uso do Google Sheets vai te ajudar a reunir diversas demandas em um só lugar!

Sendo assim, vamos conferir tudo que você pode organizar com essa ferramenta:

  • Os contatos dos seus clientes.
  • Os pedidos de orçamento.
  • Seu fluxo de caixa e planejamento financeiro.
  • Controlar seu estoque.
  • Fazer um inventário de seus utensílios e ferramentas de trabalho.

As vantagens do WhatsApp Business

Não é novidade para ninguém que o WhatsApp é uma das principais ferramentas para os pequenos negócios. Através desse aplicativo de mensagens é possível ter um contato mais rápido com seus clientes. Além disso, as conversas e pedidos ficam registrados, o que facilita na organização da sua rotina. 

No entanto, o que já era bom, ficou ainda melhor com o lançamento do WhatsApp Business. Uma versão pensada especificamente para os negócios! O WhatsApp Business possui funcionalidades que facilitam a vida de quem trabalha com biscoitos decorados. 

Por isso, são muitas as muitas características que tornam essa versão uma aliada do seu negócio! Entre elas, podemos destacar:

  • Criar um perfil profissional, que traz mais credibilidade.
  • Fazer um catálogo com os seus produtos.
  • Cadastrar mensagens automáticas para garantir que os clientes não fiquem sem resposta.
  • Organizar suas conversas com etiquetas.

Stories do Instagram

Muitas empreendedoras já usam as redes sociais para divulgar seus produtos. No entanto, nem todas sabem explorar uma opção importante dentro do Instagram: os stories. Além do Instagram, eles também estão disponíveis no Facebook e até no WhatsApp, mas com apelo um pouco menor.

Diferente do feed, que é ideal para manter publicações fixadas, os stories são uma forma de criar um contato mais próximo com seus clientes. Eles trazem uma “cara” para o seu negócio. É um espaço para mostrar os bastidores, fazer enquetes e escutar o que os seus seguidores pensam. Além disso, pesquisas recentes já mostram que contas que usam os stories com frequência, possuem um engajamento maior do que as que não usam.

Ou seja, é mais uma opção de ferramenta para pequenos negócios – totalmente gratuita – e que vai ajudar pequenas empreendedoras!

Empreender é solitário?

Em primeiro lugar, vale dizer que existem muitos desafios quando decidimos seguir o caminho do empreendedorismo. Alguns deles eu já abordei em diversos posts por aqui, como:

No entanto, existe um aspecto importante e muitas vezes negligenciado no mundo dos pequenos negócios: empreender é solitário?

Em um primeiro momento, minha resposta pode ser: SIM. Afinal, empreender é de fato uma jornada bem solitária.

Muitas vezes precisamos lidar sozinhas com cada etapa do nosso negócio. Como essas tarefas demandam tempo e ocupam grande parte do nossos dias, acabamos resolvendo nossos problemas e até comemorando nossas conquistas, sem compartilhar com ninguém.

Entretanto, isso não é uma regra e sempre é tempo de virar esse jogo! Ou seja, você pode achar que empreender é solitário, mas existem formas de mudar essa realidade. Sendo assim, é importante trazer para o seu caminho pessoas que possam ajudar sua vida de empreendedora. 

Compartilhar é o futuro

Antes de mais nada, se já existiu um tempo em que era “bonito” vencer sozinho, isso já ficou para trás. Durante muitos anos, empreendedoras acreditaram que havia apenas elas e a concorrência. Ou seja, sem enxergar o poder que uma rede de apoio pode ter. 

Atualmente, entretanto, a realidade é outra. Cada vez mais vemos a força que uma comunidade pode ter. Sendo assim, empreender só é solitário para quem ainda não entendeu que o futuro está baseado na colaboração, na co-criação e nas comunidades.

Existe um motivo para nos unirmos em grupos: isso nos torna mais fortes!

Cookiers – Brasil: nem sempre empreender é solitário

Foi por conhecer a importância de estarmos inseridas em uma comunidade, que venho há anos construindo caminhos e pontes através da Sweet Bite

Recentemente, com a criação do grupo Cookiers-Brasil, através do Facebook, consegui estabelecer um espaço de troca e acolhimento para confeiteiras de todo o Brasil. Nesse espaço nos sentimos acolhidas em nossas dúvidas e também encontramos um espaço de troca, aprendizado e crescimento.

Para participar, basta entrar no link do grupo Cookiers-Brasil e pedir para entrar! Vai ser um prazer contar com a sua presença por lá também!

Precificação na confeitaria: tudo que você precisa saber

Desde os meus primeiros passos à frente da Sweet Bite, percebi que as dúvidas sobre precificação na confeitaria são uma constante entre as empreendedoras de forma geral. Isso acontece por diversas razões, mas vou destacar aqui as 4 principais:

  • Dificuldade em calcular de forma correta seus custos de produção.
  • Desconhecimento de conceitos importantes, como custo fixo e variável.
  • Insegurança e medo na hora de cobrar pelo seu produto.
  • Basear seu preço no preço da concorrência.

O grande problema é que a precificação na confeitaria precisa ser feita de maneira correta para que o seu negócio tenha saúde financeira. Afinal, quando o preço final do seu produto não condiz com a realidade da sua produção, as contas NÃO vão fechar no fim do mês. Algumas vezes, elas chegam até a fechar, mas com uma margem de lucro pequena que, ao longo do tempo, pode minar seu estímulo para seguir trabalhando.

Como fazer a precificação na confeitaria de forma correta

O primeiro passo para organizar suas finanças e fazer a precificação dos seus produtos de forma correta, é entender que esse valor não pode ser definido de forma aleatória. Ele precisa ser baseado na realidade do SEU negócio. Ou seja, levando em conta um somatório itens, como custos, investimos, tempo de trabalho, entre outros.

Um erro muito comum na hora de realizar a precificação na confeitaria é calcular apenas o custo dos insumos e definir o preço final do seu produto apenas com essa informação. É um mito pensar que o preço final do seu produto se calcula apenas com base no valor investido.

Quando isso acontece, você deixa de lado uma série de custos que fazem parte da sua produção, como:

  • Aluguel
  • Gás
  • Luz
  • Investimento em cursos e especializações
  • Investimentos em materiais e ferramentas de confeitaria
  • Tempo de trabalho

Exatamente isso, o tempo dedicado na produção dos seus biscoitos, também deve ser considerado como um item na planilha de custos para precificação na confeitaria. Afinal, você não pode cobrar o mesmo valor por produtos que possuem tempos de planejamento e execução completamente diferentes. Seu trabalho precisa ser valorizado, não só pelos clientes, mas também por você mesma.

Como organizar seus custos e precificar de forma correta

Em primeiro lugar, não existe mágica. Para fazer esse controle de custos é preciso ter uma organização e o hábito de anotar todos os valores envolvidos. Na minha opinião, as planilhas eletrônicas são a melhor forma de organizar esses custos, mas existem confeiteiras que se entendem melhor com o bom e velho caderninho, livro caixa ou coisa que o valha.

Nesse caso, não importam os meios, o importante é que no fim você tenha um panorama geral de tudo que foi gasto na produção e que conheça os seus custos fixos (como aluguel, luz, gás, internet, entre outros) e também os variáveis (como a compra de um eletrodoméstico, a necessidade de investir em um curso, compra de materiais etc.). 

Tenho certeza que com todos esses valores em mãos, você nunca mais vai errar na hora de executar sua  precificação na confeitaria. Além disso, você pode conferir mais sobre esse tema nessa edição do nosso Papo de Botequim, que rolou lá no Instagram da Sweet Bite!

 

 

Gestão na confeitaria: vamos falar sobre isso?

Essa não é a primeira vez que vamos ter uma conversa sobre gestão na confeitaria! Afinal, por mais deliciosos e lindos que sejam os seus biscoitos, sem uma boa gestão, nenhum negócio consegue ser próspero a longo prazo.

Entretanto, sem saber disso, muitas confeiteiras acabam focando seus esforços de aprendizado apenas em cursos de massa, decoração e deixam a outra parte um pouco de lado. É claro que a técnica é importante, mas com certeza apostar na dupla técnica + gestão na confeitaria pode ser o segredo do seu sucesso como empreendedora.

Por isso, hoje vamos conversar um pouco sobre:

  • Principais problemas de gestão
  • Importância de regularizar seu pequeno negócio
  • Porque você deve fazer um gerenciamento de clientes
  • Como encarar sem medo a parte burocrática

Você reconhece os problemas de gestão do seu negócio de confeitaria?

Em primeiro lugar, para identificar os principais problemas de gestão, é preciso entender o que esse conceito envolve na prática. Quando eu falo aqui em gestão de negócios na confeitaria, quero dizer que você precisa desenvolver uma visão global e estratégica da sua pequena empresa.

Para isso, você precisa pensar em cada etapa do processo, desde a compra dos ingredientes, custo e tempo de produção, planejamento financeiro, divulgação e marketing, relacionamento com os clientes etc. Dentro desse cenário todo, alguns erros se destacam com mais frequência:

  • Falta de planejamento ou planejamento mal pensado.
  • Mudanças constantes de estratégia, não garantindo tempo hábil para as coisas acontecerem.
  • Medo de terceirizar tarefas e confiar em outras pessoas para te ajudar (o que também indica um medo de “crescer” seu negócio).
  • Desorganização financeira

Além disso, aposte em um bom gerenciamento de clientes. Manter uma relação bem pensada com seu público tem impacto muito positivo nas suas vendas de forma geral. Por isso, se preocupe sempre em responder com agilidade, divulgar produtos em datas especiais, programar mensagens de aniversário, descontos especiais e muito mais! 

 

Não tenha medo da parte burocrática!

O medo não é seu aliado nesse momento. Mesmo quando se sentir insegura em relação ao que você ainda não domina, não tenha medo da parte burocrática! É hora de arregaçar as mangas e tomar as rédeas do seu negócio. Em um primeiro momento, as planilhas podem até assustar um pouco, mas é só ver as maravilhas que elas fazem em termos de organização das suas demandas, que logo logo vocês serão amigas inseparáveis.

Além disso, aproveite que você já colocou a mão na massa da burocracia e vamos logo regularizar o seu pequeno negócio? O processo é bem simples, pode ser feito online e vai trazer mais credibilidade e profissionalismo para sua empresa.

Você sabia que a falta de gestão na confeitaria pode trazer problemas a saúde?

Por fim, para além dos problemas que já vimos, a falta de gestão na confeitaria pode causar problemas físicos, como é o caso da síndrome de Bournout. Também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, essa doença causa sintomas de estresse e esgotamento físico. Resultado de um trabalho que demanda demais, em grande parte das vezes, por falta de planejamento e limites.

Afinal, quando trabalhamos por conta própria, precisamos saber impor limites para nós mesmas e o planejamento ajuda nessa função. Com ele você sabe quanto tempo demora para produzir cada biscoito e, por isso, sabe também quantas encomendas pode pegar para dar conta, sem esgotada.

Dessa forma, para que seja possível trabalhar, manter seu negócio e ao mesmo tempo garantir a proteção da sua saúde mental, aposte em uma gestão eficiente e bem pensada!

Vale a pena fazer parcerias na confeitaria?

Recentemente fiz um post no Instagram da Sweet Bite falando sobre o grupo Cookier – Brasil, que criei no Facebook. Nesse post falei sobre a importância de ter pessoas em nosso caminho e como é difícil ter sucesso empreendendo sozinha, sem uma rede de apoio. Sendo assim, podemos pensar em outro aspecto desse mesmo tema: vale a pena fazer parcerias na confeitaria?

Será que se juntar com outras pessoas pode ser uma boa estratégia para aumentar suas vendas e seu sucesso com os biscoitos decorados? Primeiramente, precisamos saber que as parcerias na confeitaria podem sim trazer muitos benefícios, assim como trazem em outros negócios. No entanto, não é o caso de fazer parcerias a qualquer custo ou se colocar em roubadas achando que você precisa desse meio para ganhar espaço no mercado.

Como escolher as suas parcerias na confeitaria

O primeiro passo para escolher suas parcerias na confeitaria é definir seus objetivos com essa proposta. Afinal, se você quer vender mais biscoitos, talvez a parceria com um café que ofereça seus produtos seja uma boa opção. 

Por outro lado, se você quer ser mais conhecida no mercado, uma ideia interessante é buscar outras confeiteiras que já estejam estabelecidas na profissão. A ideia não é oferecer parcerias para outras cookiers, mas tentar casar seus produtos com boleiras ou pessoas que produzem cupcakes, por exemplo. Uma opção é oferecer seus biscoitos como sugestão de topo de bolo para boleiras que trabalhem com buttercream, agregando valor ao produto final.

Outro caminho interessante é buscar parcerias com casas de festas, cerimonialistas e decoradores. Elas podem oferecer os seus biscoitos nos pacotes de aniversários, casamentos e eventos em geral. Esse formato de parceria na confeitaria é interessante para ambos os lados e pode ajudar bastante nas suas vendas!

Tenha cuidado com as parcerias não vantajosas

Como o próprio nome já diz, uma PARCERIA tem que ser boa para os dois lados. Vocês são parceiros de negócios e isso deve trazer vantagens e benefícios. Por isso, ao escolher um tipo de parceria na confeitaria, tenha alguns cuidados:

  • Não venda seu produto por um valor muito inferior.
  • Não aceite parcerias que desvalorizam seu trabalho.
  • Crie metas e objetivos para cada parceiro de negócio.
  • Planeje suas ações com cuidado e não assuma compromissos que não pode atender.

Sendo assim, entenda que as parcerias na confeitaria podem ser muito vantajosas, mas se não estiverem dando resultado (seja financeiro ou de divulgação) é melhor pular fora!

Comunidade de Cookiers no Brasil

O ser humano é um ser social. Desde que o mundo é mundo, vivemos em grupos. Nosso convívio começa com os familiares e amigos mais próximos, depois se expande para o ambiente escolar, e assim por diante na vida adulta e profissional. Fazer parte de uma comunidade nos ajuda de muitas maneiras! Com outras pessoas mais experientes que nós, aprendemos, evoluimos e formarmos nossos valores. Dessa forma, temos muito mais chances de acertar, cortando caminhos e evitando erros que outros já cometeram antes de nós – e estão dispostos a nos ensinar. Hoje vamos falar da importância de fazer parte de uma comunidade de cookiers, um grupo brasileiro, que proporciona trocas e aprendizado constante a partir das experiências de cada uma.

Você já faz parte de uma comunidade de cookiers no Brasil?

Vamos começar destacando a importância das conexões em nossas vidas. Seja no setor pessoal ou profissional, precisamos estar em contato com outras pessoas para atingir objetivos. Quando nos isolamos ou tentamos fazer tudo sozinhas, o caminho se torna bem mais complicado.

Essa foi minha sensação quando criei a Sweet Bite e comecei a trabalhar com biscoitos decorados.

Afinal, com quem eu poderia conversar sobre o ponto do glacê? Sobre precificação? Como fazer para trocar uma ideia sobre o planejamento de vendas ou criações?

Esse espaço não existia. Então comecei a trabalhar para criar uma comunidade de cookiers no Brasil. Um ambiente que fosse receptivo e voltado para as necessidades de quem trabalha com biscoitos decorados.

Como funciona uma comunidade de cookiers

Antes de mais nada, é claro que todo mundo gosta de ter um lugar pra chamar de seu, não é mesmo?

Quando pensei numa comunidade de cookiers no Brasil, era isso que eu tinha em mente.

Um ambiente focado na coletividade, onde cada uma pudesse participar e contribuir para o crescimento desse espaço.

Eu acredito que pontos de vista diferentes nos ajudam a pensar e evoluir.  Afinal, quando enxergamos o mesmo problema de diferentes formas, temos também a possibilidade de descobrir muitas soluções para ele. 

Além disso, esse é um espaço que reúne pessoas que compartilham as mesmas conquistas e desafios. Isso torna a comunidade de cookiers um local de trocas, aprendizado e também de ajuda.

Vale lembrar que a internet nos aproxima mesmo a quilômetros de distância. Assim, fazer parte de uma comunidade virtual pode ser um grande diferencial na carreira de uma empreendedora.

Quando temos a oportunidade de trocar experiências com outras confeiteiras, aprendemos com os acertos, mas também com os erros já cometidos. Isso ajuda a não repeti-los.

Sabemos que empreender não é simples. Por isso, vender biscoitos decorados requer:

  • técnica
  • habilidade
  • noções de gestão
  • organização financeira
  • planejamento
  • marketing

E nesses aprendizados, a comunidade de cookiers é uma grande aliada!

Por que o aprendizado numa comunidade é diferente de um curso?

Não há dúvidas que os cursos são grandes aliados das confeiteiras. Neles aprendemos novas técnicas, aperfeiçoamos habilidades, além de aprimorar conhecimentos de gestão e negócios. Por isso, esse aprendizado formal é tão importante para nossa trajetória. No entanto, isso não significa que essa seja a única forma de melhorar seus conhecimentos.

Em uma comunidade de cookiers, você pode absorver aprendizados constantes, através de um ambiente dinâmico e rico em informações. Esse contato com outras confeiteiras, outras formas trabalhar, suas técnicas, ideias e pensamentos também é muito enriquecedor. 

Nesse espaço de trocas, você tem a oportunidade de ver exemplos e situações na prática. É bom aprender com quem está, literalmente, com a mão na massa! Além disso, uma comunidade facilita a troca de informações entre as pessoas. Com isso, novidades e descobertas acabam circulando com grande facilidade nesses grupos.

Faça parte da nossa comunidade no Facebook

Depois de criar a Sweet Bite e o Cookie Clube, que são espaços focados em biscoitos decorados, percebi que era importante ter uma comunidade de cookiers no Brasil. Assim, criei o Cookiers – Brasil, um grupo gratuito e formado só por empreendedoras do setor. Nele tenho observado com felicidade o crescimento de um espaço muito rico de trocas e aprendizado.

Nosso foco é ter em um só lugar todas as informações para quem produz biscoitos decorados. E sem deixar de lado a gestão do seu empreendimento. No grupo, você encontra dicas de:

  • gestão
  • técnicas de decoração
  • estratégia de vendas
  • precificação
  • marketing e gestão de redes sociais

Vem dividir com a gente suas ideias e aprender com outras cookiers a fazer dinheiro com seus biscoitos decorados!

O mais legal é que todas podem participar! Basta entrar no link do grupo Cookiers – Brasil no Facebook e solicitar a sua participação. Você vai ter muito para aprender e também para acrescentar nesse espaço. Além disso, essa é uma ótima forma de:

  1. ampliar seu networking,
  2. conversar com confeiteiras do Brasil inteiro,
  3. tornar sua marca mais conhecida no mercado.

Nos esforçamos muito para nos consolidar como empreendedoras. E esse esforço é muito maior quando tentamos sozinhas. Desta forma, pensar em soluções em conjunto é sempre mais efetivo.

Vem fazer parte da comunidade Cookiers – Brasil! Será um prazer recebê-la!

Guia definitivo: os melhores materiais gratuitos para quem trabalha com biscoitos decorados

Em primeiro lugar, o estudo é fundamental em qualquer tipo de trabalho ou carreira. Afinal, aprendizado nunca é demais. E, no caso da confeitaria, é claro que essa lógica não seria diferente! No entanto, apesar de excelentes cursos e eventos pagos, hoje eu quero falar sobre os materiais gratuitos para quem trabalha com biscoitos decorados.

Quem já me acompanha, conhece o trabalho que desenvolvo na Sweet Bite e sabe que constantemente divulgo conteúdos gratuitos para as confeiteiras. Minha ideia é que todas tenham acesso a informações, estratégias e ideias que possam dar um gás em seus negócios. 

Como sempre digo, para empreender na confeitaria não basta fazer biscoitos lindos e gostosos. Você precisa ter conhecimentos que te ajudem a estruturar seu negócio, chegar até seus clientes e efetivar a venda.

Por isso, já salva esse post porque aqui você vai encontrar uma seleção de materiais gratuitos para quem trabalha com biscoitos decorados. Vamos lá?

Divulgando Biscoitos Decorados no Pinterest – Um guia básico para a confeitaria

Nesse e-book você vai encontrar tudo que precisa para usar o Pinterest no seu negócio. Atualmente, essa rede social se tornou uma grande plataforma de busca e compartilhamento de ideias! Ou seja, se você busca uma inspiração, algo inovador ou diferente, tem grandes chances de encontrar isso no Pinterest!

Em termos de público, a cada mês são mais de 450 milhões de usuários ativos. Ou seja, um ótimo espaço para divulgar e vender seus biscoitos decorados. Mesmo que você não efetive a venda pelo Pinterest, a presença das suas fotos e produtos nessa rede social te ajudam a se tornar conhecido no mercado de biscoitos decorados.

Eu sei que nem todas sabem como o Pinterest funciona, mas pode ficar tranquila! Nesse material gratuito para quem trabalha com biscoitos decorados você vai aprender tudo sobre os pins e como eles podem ajudar a decolar seu empreendimento.

Planilha para gerenciamento de clientes na confeitaria

Você já pensou que a forma como você gerencia sua clientela tem impacto direto no sucesso do seu negócio? Vamos entender como isso funciona.

Em primeiro lugar, o gerenciamento de clientes é uma forma de estabelecer um relacionamento com seu público e, com isso, melhorar o desempenho do seu negócio.

Sendo assim, o gerenciamento de clientes envolve uma série de práticas que têm como objetivo aumentar sua venda final de biscoitos decorados. Por isso, para te ajudar nessa tarefa, a Sweet Bite criou a Planilha de Gerenciamento de Clientes, mais um material gratuito para quem trabalha com biscoitos decorados!

10 passos para se organizar para as vendas de Páscoa: um checklist para quem vende biscoitos decorados

Nesse material riquíssimo você vai encontrar um checklist completo para qualquer planejamento sazonal na confeitaria. Apesar de ser focado na Páscoa, o e-book traz dicas, passo a passo e informações que você pode usar em qualquer outras data.

Lembrando que um planejamento bem executado faz toda diferença no resultado final das suas vendas! Sem dúvida um dos melhores materiais gratuitos para quem trabalha com biscoitos decorados.

Um catálogo inspiracional: 108 ideias de biscoitos decorados de Halloween

Já tem algum tempo que o Halloween se tornou uma época rentável para quem trabalha com confeitaria. Assim como em outras partes do mundo, aos poucos essa data conquistou de vez seu espaço no gosto dos brasileiros

Por isso, para ajudar nas suas criações, eu preparei um e-book com mais de 100 inspirações para você arrasar nos biscoitos decorados de Halloween. Neste catálogo você vai saber como aproveitar seus cortadores para fazer biscoitos inusitados. Além de entender no que vale a pena apostar. Dessa forma, você pode planejar com antecedência seus passos para as vendas de Halloween.

Ideias de Biscoitos Decorados de Natal

O Natal é a data clássica dos biscoitos decorados. Inclusive, quando pesquisamos um pouco sobre a história dessas delícias, ela está diretamente relacionada com essa época do ano. Nos Estados Unidos, existe até a tradição das crianças deixarem biscoitinhos ao lado da árvore de Natal para agradar o bom velhinho.

Dessa forma, o Natal é mais uma época cheia de possibilidades para nós confeiteiras. Pensando nisso, desenvolvi um material gratuito para quem trabalha com biscoitos decorados pensado especialmente para o Natal. Nele você vai encontrar inspirações e ideias para criar biscoitos natalinos originais e cheios de bossa.

O que é PERSONA? Saiba como entender e definir a sua

Conhecer um pouco de marketing é fundamental para quem empreende. Entre todos os conhecimentos que precisamos dominar, talvez esse seja o mais difícil. Afinal, são conceitos que não conhecemos e, por isso, não sabemos como aplicar. 

Pensando nisso, criei um e-book que fala sobre Persona. Esse conceito importante e muito utilizado em estratégias de marketing, mas que a maioria das pessoas desconhece. Nesse material gratuito para quem trabalha com biscoitos decorados você vai encontrar a definição de persona. Além disso, vai entender como ela pode ser utilizada para fortalecer sua marca e direcionar suas vendas. 

50 ideias de embalagens criativas para biscoitos decorados

Todo mundo sabe que uma embalagem bonita é um diferencial para qualquer produto. No caso dos biscoitos decorados, além de manter a qualidade, a embalagem deve ser atrativa.

Além das opções básicas, que todo mundo já conhece, existem opções criativas e divertidas. Por isso, criei um material com 50 ideias garimpadas para você se inspirar. Tem opção para todos os gostos e bolsos. Por isso, tenho certeza que você vai adorar!

Esse é mais um material gratuito para quem trabalha com biscoitos decorados que vale a pena baixar e guardar na caixinha de inspirações!

Tudo isso e muito mais você encontra aqui na Sweet Bite

Além dos materiais gratuitos para quem trabalha com biscoitos decorados, na Sweet Bite você encontra conteúdos novos e relevantes para o nosso setor. Dicas de cursos, congressos e eventos, além de soluções que podem facilitar sua vida de confeiteira.

Aproveita para seguir a gente aqui no blog e nas redes sociais e ficar por dentro de todos esses novidades!

 

5 habilidades para ter uma empresa de biscoitos decorados

Quem me acompanha nas redes sociais, já viu que ao longo da última semana estou falando com vocês sobre algumas habilidades para ter uma empresa de biscoitos decorados. Afinal, desde que criei a Sweet Bite, esse sempre foi meu maior objetivo: ajudar, oferecer conteúdo, capacitação e suporte para  as cookiers do Brasil.

Dessa forma, todo o conteúdo que compartilho por aqui ou em outras mídias, é sempre pensado com esse propósito. Pois acredito que juntas podemos fortalecer nosso nicho de mercado, trazendo mais oportunidades para todas.

Sendo assim, aqui no blog estou sempre trazendo dicas de empreendedorismo, informações sobre cursos, planejamento para a confeitaria, além de muitos outros temas relevantes para quem trabalha com biscoitos decorados. Por esse motivo, hoje eu quero dividir com vocês  um compilado das 5 principais habilidades para ter uma empresa de biscoitos decorados. Vem comigo!

Valorizar seu trabalho

Primeiramente, aprender a valorizar seu trabalho é um aspecto crucial para ter sucesso em qualquer negócio. Afinal, se não nos valorizamos, quem irá valorizar? Foi por esse motivo que, na semana passada, dediquei um post completo aqui no blog sobre valorização do trabalho na confeitaria.

Apesar de parecer algo simples, nós enfrentamos muitas armadilhas no dia a dia que podem minar nossa confiança no trabalho. Seja na hora de nos posicionarmos no mercado, seja quando defendemos o preço final do nosso produto ou mesmo quando precisamos, mais uma vez, reafirmar que somos empreendedoras (afinal, os biscoitos não são apenas um hobby passageiro).

Todos esses momentos podem atrapalhar sua confiança, mas é importante ter em mente o que te trouxe até aqui e acreditar na sua capacidade.

Ser criativa

Sem dúvida ser criativa é uma importante habilidade para ter uma empresa de biscoitos decorados. Entretanto, se engana quem pensa que a criatividade não pode ser treinada, assim como qualquer outra habilidade.

Existem diversas maneiras para treinar e desenvolver seu lado criativo. Inclusive, é possível desenvolvê-lo através de cursos, palestras, inspirações e trocas com outras profissionais do setor. Afinal, essas interações ajudam você a pensar fora da caixa e estimulam seu lado lúdico.  

Criar biscoitos decorados com criatividade é uma forma de ter um diferencial em seu negócio. Isso te ajuda a se destacar no mercado e vender mais biscoitos decorados!

Por isso, minha dica é: não perca oportunidades de estimular, treinar e desenvolver seu lado criativo. 

Dominar técnicas e receitas

Agora vamos ao que interessa: é a hora de colocar a mão na massa!

É claro que dominar as técnicas de um produto perfeito é uma habilidade necessária para ter uma empresa de biscoitos decorados. A tendência é que com tempo, treino, testes e pesquisa você vá aperfeiçoando sua forma de produzir até atingir um patamar que considere ideal para seus biscoitos.

No entanto, compartilhar experiências e aprender com quem já tem o “pulo do gato”, pode fazer toda diferença na sua trajetória. Existem segredos para uma massa lisinha e sem bolhas, assim como existem técnicas específicas para cada tipo de decoração que você pretende fazer em seus biscoitos. E a boa notícia é que você não precisa descobrir isso sozinha, é possível aprender com quem já sabe.

Por isso, não desperdice oportunidades de aprendizado! Quando outros cookiers, que já trilharam esse caminho, estão dispostos a dividir com você toda essa expertise, agarre essa chance! 

Estratégias de vendas

Agora vamos falar de um assunto muito importante: vendas! Afinal, você fez a lição de casa, soltou sua criatividade, aperfeiçoou suas técnicas para produzir biscoitos lindinhos e cheios de bossa, mas não sabe como vendê-los? Esse é um problema mais comum do que se imagina. Muitas confeiteiras enfrentam a dificuldade de soltar seu lado vendedora com os clientes.

Em primeiro lugar, fique tranquila. Assim como tudo que venho conversando nesse post, vender também é uma HABILIDADE. Ou seja, existem técnicas, estratégias e formas de aprender a vender seus produtos.

O primeiro passo é perder a vergonha para mostrar suas criações. Por outro lado, não podemos ser “chatas” e invadir o espaço dos clientes. Isso pode ser um tiro no pé. 

É importante saber como aproveitar as oportunidades certas, divulgando seus produtos de forma estratégica e inteligente. Além disso, trabalhar com transparência, informações claras e de forma atenciosa também ajuda a alavancar seu lado vendedora.

Gestão financeira

Quantas vezes já conversamos sobre a gestão financeira do seu negócio? Seja por aqui, no Instagram ou no Cookie Clube, esse é um tema que não deixo passar em branco. Afinal, não existe sucesso quando não cuidamos das finanças da empresa.

Por isso, aproveite as dicas que já trouxemos aqui no blog. Comece agora a fazer sua planilha financeira. Para ter um  negócio bem sucedido, é preciso saber quanto ganha, quanto gasta, seus custos fixos e variáveis. Além de aprender a planejar suas vendas mensais e possíveis investimentos em materiais, cursos ou congressos.

Desenvolva suas habilidades no Cookie Art Show Pocket Presencial

No próximo Cookie Art Show Pocket Presencial faremos uma imersão em habilidades importantes para ter uma empresa de biscoitos decorados. O evento, que acontece no próximo dia 26 de março, vai ter a participação de 5 especialistas do mercado.

Durante o dia eles vão dividir com os alunos suas técnicas e experiências. Além disso, o evento é uma ótima oportunidade para ampliar sua rede de contatos. Você vai conhecer confeiteiros de diferentes lugares do Brasil!

Ainda dá tempo de fazer a sua inscrição. Participe desse super evento, pois é uma grande oportunidade!

Vai ser um prazer ter você com a gente nesse dia especial.

Valorização do trabalho na confeitaria

Vamos lá que hoje o assunto é sério, importante e interessa a muita gente! Quero ter uma conversa com vocês sobre a valorização do trabalho na confeitaria. Em primeiro lugar, vale dizer que ter nosso esforço reconhecido é importante em qualquer área. Entretanto, nós confeiteiras, artesãs e empreendedoras de forma geral, enfrentamos essa luta de forma mais árdua do que se imagina.

Afinal, quem nunca passou pela situação de ter o preço de seu produto questionado, comparado com outros ou mesmo desvalorizado pelos clientes? Ou mesmo ter seu trabalho diminuído, como se fosse algo que qualquer um é capaz de fazer. Nós sabemos bem que não funciona dessa forma.

No caso da confeitaria, especificamente, para entregar aquele biscoito lindo e gostoso, aquele bolo, cupcake ou qualquer outro produto, foi necessário muito esforço, estudo, tempo e trabalho duro. Por isso, quando falo em valorização do trabalho na confeitaria, quero abordar o assunto como um todo. Desde de você que está produzindo o biscoito em si, até quem, como eu, produz (além de biscoitos), conteúdos, eventos, oportunidades para o nosso setor.

Todas nós precisamos e merecemos ser valorizadas.

A valorização do nosso setor é um pacto coletivo

Que tal mudar um pouco de perspectiva? Geralmente, quando falamos em valorização do trabalho na confeitaria, focamos apenas na relação fornecedor + cliente. Claro que esse é um aspecto importante e crucial, mas não é o único.

Dito isso, quero falar sobre a importância de nos valorizarmos como categoria. Respeitando o trabalho umas das outras, incentivando e encorajando outras empreendedoras em seus negócios. No caso dos biscoitos decorados, por exemplo, gosto de pensar que somos uma comunidade, onde cada uma tem um papel importante no crescimento desse mercado aqui no Brasil.

No meu caso, tenho trabalhado há anos por isso. Divulgando novidades, promovendo eventos, criando soluções para a nossa categoria. E é claro eu faço isso com muito orgulho e amor. No entanto, me sinto bastante desmotivada quando percebo que todo esse esforço, não está sendo valorizado e reconhecido como deveria.

Quando você investe tempo, dinheiro e conhecimento na sua produção de Páscoa, por exemplo, e os clientes, apesar de elogiarem seu trabalho, preferem não comprar, como você se sente? Se ao invés de investirem no seu trabalho adquirindo o produto, eles questionam o preço ou reclamam de algum detalhe, cria-se uma situação bastante frustrante. 

Pois bem, é assim que me sinto quando organizo um evento presencial como o Cookie Art Show Pocket, depois de muitos pedidos por isso, e não vejo a adesão que ele merece dentro da nossa comunidade. Afinal, invisto meu tempo, conhecimento e dinheiro no projeto. Convido pessoas super interessantes para participar, busco temáticas relevantes para melhorar o trabalho de todas nós e gostaria de ter um acolhimento maior por parte das minhas colegas confeiteiras. 

Dicas para ter seu trabalho valorizado na confeitaria

Sendo assim, eu queria aproveitar esse gancho para trazer algumas dicas que podem ser úteis para vocês e para mim na hora de garantir a valorização do nosso trabalho na confeitaria. É muito importante nesse contexto que a gente saiba se posicionar como mulheres empreendedoras que somos!

Acredite no seu potencial

Essa primeira dica é um pouco óbvia, mas muito importante. Por isso, reconheça o valor do seu trabalho e do seu esforço. Tenha em mente o caminho que você trilhou até chegar aqui. Isso te ajuda a ter força diante de uma situação de desvalorização do seu trabalho, afinal você não chegou aonde chegou à toa.

Não aceite ser desmerecida

Sinta-se à vontade para questionar, mostrar seus argumentos e explicar seu trabalho quando algum cliente achar que você cobra caro demais, por exemplo. Nem sempre podemos mudar a opinião do outro, mas a possibilidade de colocar para fora o seu lado da história pode trazer um grande alívio para sua mente e coração.

Tenha um posicionamento claro no mercado

Ou seja, se você quer ser vista como uma empreendedora, uma mulher dona do seu negócio de biscoitos decorados, se posicione dessa forma. Nada de aparentar que faz biscoitinhos apenas por hobby ou se sentir envergonhada na hora de cobrar pelo seu trabalho. Seu preço é resultado de cálculos e de uma precificação justa e você tem todo direito de cobrar pelo bom serviço que oferece.

Tenha pessoas com quem dividir suas  dores e conquistas

Quando estamos em comunidade, enfrentamos de forma mais corajosa os desafios da vida profissional. Saber que outras cookiers passam pelas mesmas dificuldades e também conhecer suas conquistas, é uma forma de fortalecer nosso trabalho e a categoria de uma forma geral. Foi com esse intuito que criei a Sweet Bite e o Cookie Clube. Minha ideia era disponibilizar um espaço de trocas e fortalecimento para todas nós que amamos e investimos nos biscoitos decorados no Brasil.

Não baseie seu sucesso na desvalorização do outro

O mercado de biscoitos decorados é bem amplo e temos espaço para todas, basta observar as oportunidades, estudar e buscar seu espaço. No entanto, estratégias que envolvem qualquer tipo de desmerecimento da concorrência, não são éticas e nem aconselháveis. Faça o seu produto, dê o seu melhor e é o que importa. As realidades são diferentes e só quem vive sabe exatamente onde o calo aperta.

Vamos nos valorizar juntas?

Foi com muito esforço e carinho que trabalhei para a próxima edição Cookie Art Show Pocket Presencial acontecer e é por isso que conto tanto com a participação de vocês nesse dia especial. Esse evento, que vai rolar no próximo dia 26 de março, é o primeiro encontro presencial que faço depois da pandemia e isso tem um grande valor para mim.

Teremos a participação de 5 especialistas convidados e vamos abordar três temas principais que são muito relevantes para o nosso setor:

  • criatividade
  • técnicas e química da massa
  • vendas

Além disso, é uma oportunidade de trocarmos experiências olho no olho, de continuarmos esse papo sobre a valorização do nosso trabalho na confeitaria e também uma grande chance de crescimento e desenvolvimento para todas nós.

Por isso, espero poder contar com a participação de vocês nesse momento especial! As inscrições são online e tem desconto especial para quem já faz parte do Cookie Clube. 

Vamos juntas?

Biscoitos decorados de suculentas

Ninguém sabe exatamente como começou, mas o fato é que as suculentas chegaram com tudo e nunca mais saíram de moda. Essas plantinhas simpáticas e cheias de versatilidade ganharam espaço na decoração dos espaços, caíram no gosto popular e entraram de vez nas estampas de roupas, formato de objetos decorativos, quadros, papelaria e muito mais. Sendo assim, é claro que a confeitaria não ia ficar de fora: os biscoitos decorados de suculentas são puro sucesso.

Primeiramente, vale lembrar que esse tipo de planta tem grande apelo estético. Dessa forma, é possível criar biscoitos decorados de suculentas de muitas maneiras diferentes. Você pode aproveitar a variedade de cores e formas naturais das suculentas para criar produtos lindos e super vendáveis. 

Por isso, antes de colocar a mão na massa, indico que sua pesquisa vá além das imagens do Pinterest. Que tal dar uma voltinha em um mercado de flores e plantas? Tenho certeza que não vão faltar ideias para criar seus biscoitos decorados de suculentas.

Como vender meus biscoitos decorados de suculentas?

Em primeiro lugar, você precisa saber que seus biscoitos decorados de suculentas (ou até de cactos), podem se encaixar em diversas oportunidades do mercado. Vamos falar sobre algumas possibilidades interessantes para o seu negócio. 

Filmes infantis com temáticas latinas

Cactos e suculentas combinam muito bem com lugares tropicais, onde reina o sol e o calor. Por isso, alguns lançamentos recentes do cinema, que tiveram grande aceitação do público infantil, podem gerar festas de aniversário que combinam perfeitamente com cactos e suculentas.

É o caso de filmes como “Viva – A vida é uma festa”, “Festa no Céu” e o recente “Encanto”, que já chegou conquistando muitos fãs mirins pela trilha sonora divertida. Dessa forma, seus biscoitos decorados de suculentas, além de ajudar a decorar e construir a ambientação dessas festas, também podem ser uma ótima opção de lembrancinha, topo de bolo e até centro de mesa! 

Presentear os apaixonados por plantas

Recentemente as expressões “pai de planta” ou “mãe de planta” caíram no uso popular. Talvez a pandemia e o tempo maior que passamos em casa nesse período tenha acentuado esse amor pelas mais diversas plantinhas, inclusive as suculentas. 

A brincadeira logo ganhou força e as pessoas passaram a assumir suas paixões pelas plantas, participando de grupos, postando fotos nas redes sociais e cultivando pequenas florestinhas dentro de seus apartamentos. Sendo assim, os biscoitos decorados de suculentas acabam sendo uma ótima opção de presente para toda essa comunidade de apaixonados por plantas! Tenho certeza que suas produções vão fazer sucesso com esses clientes.

Aumentar suas vendas de biscoitos na primavera

Eu já conversei por aqui sobre como a primavera é uma época do ano propícia para produção e venda de biscoitos decorados temáticos. Entretanto, nem só de flores é feita a estação mais charmosa do ano. Por isso, se jogue para explorar opções de biscoitos que surpreendam seus clientes e aumentem suas vendas.

Nesse contexto, os biscoitos decorados de suculentas podem trazer um ótimo retorno. Além de saírem do óbvio, eles são lindos e cheios de bossa.

Por que você deve aprender a fazer biscoitos decorados de suculentas?

Inicialmente, eu Lara, acredito que aprender nunca é demais. Então, mesmo que você ainda não saiba exatamente como vai vender seus biscoitos decorados de suculentas, saber como produzi-los é importante para a sua caminhada dentro da confeitaria. Ou seja, dominar uma nova técnica é sempre vantajoso para o seu negócio.

Além disso, quando aprendemos alguma prática nova ou diferente, ela não fica restrita única e exclusivamente a um modelo de biscoitos. Você sempre pode aproveitar o que aprendeu para usar em outras ideias e criações. Por isso, aprender e estudar é sempre benéfico para você e seu empreendimento.

Nosso jardim de suculentas na Cookie Con

Quer uma prova de que os biscoitos decorados de suculentas estão em alta? Na na última edição da CookieCon, (Reno 2022) eu estive presente ensinando como criar um jardim de suculentas feito com Glace Real no biscoitos decorados! No total, foram 6 aulas dividindo essa técnica com participantes do evento. 

Considerando que a CookieCon é o evento mais importante do nosso setor, os biscoitos decorados de suculentas são mesmo um sucesso! A última edição do evento aconteceu no começo de março (2022), em Reno, nos Estados Unidos. Estiveram presentes cookiers do mundo inteiro. Todos querendo aprender novas técnicas, saber as tendências para 2022, dividir suas experiências e estar por dentro das novidades do setor.

Foi um grande orgulho para mim – e também para a Sweet Bite – fazer parte dessa edição da CookieCon como professora. Em anos anteriores, eu estive presente no evento, em Reno 2019 e Louisville 2020 eu palestrei sobre mídias sociais digitais. Nessa edição Reno 2022 pude dar um passo a mais e aproveitei a oportunidade de dar aulas e dividir meu conhecimento com confeiteiros de todo o mundo é gratificante e cheio de significado.

Você também pode aprender essa técnica! Vem para o Cookie Clube

É isso mesmo. Se você ainda não conhece e não faz parte do nosso clube, não sabe o que está perdendo! Você pode aprender a fazer o seu jardim de suculentas com glacê real em biscoitos decorados e muito mais (essa é a aula do cookie Clube de Novembro de 2019) . Afinal, o Cookie Clube é a nossa comunidade de biscoitos decorados. Nele você encontra aulas sobre diversos temas, consegue fazer trocas com outras cookiers e criar um networking importante para o seu negócio. Além disso, ainda temos especialistas convidados falando sobre finanças, marketing, gestão e novidades do setor.