Quanto cobrar pelos biscoitos decorados?

Se a confeitaria fosse um jogo, essa seria a pergunta de 1 milhão de reais! Afinal, quanto cobrar pelos biscoitos decorados? Essa dúvida assombra as confeiteiras iniciantes, mas também tira o sono de muita gente que já trabalha com isso. Ou seja, entender de precificação é essencial, independente do seu nível de experiência.

Primeiramente, eu gostaria de lembrar que essa preocupação é mais do que justificável. Afinal, quando você não sabe quanto cobrar pelos biscoitos decorados, todos os setores do seu empreendimento ficam prejudicados. Então vamos desmistificar de vez essa questão e entender TUDO que você precisa considerar antes de saber quanto cobrar pelos biscoitos decorados.

Posso definir meu preço apenas pelo custo dos ingredientes?

A resposta para essa pergunta é direta: NÃO. É óbvio que o custo dos ingredientes interfere diretamente no preço final do seu produto. Entretanto, essa soma não pode ser a única base para definir quanto cobrar pelos seus biscoitos decorados. 

Afinal, você já parou para pensar quantas variáveis interferem diretamente no custo do seu produtos? Você sabia que cada um desses lindos biscoitinhos que saem da sua cozinha dependem de uma série de fatores para existir? Por exemplo:

  • Ingredientes
  • Contas básicas: água, luz, gás, internet, aluguel etc.
  • Investimento em utensílios de confeitaria
  • Investimento em cursos
  • Impostos
  • Seu precioso TEMPO

Dessa forma, precificar seus biscoitos levando em conta apenas o gasto com insumos é uma ideia equivocada que pode ajudar a afundar o seu negócio.

Devo me basear na concorrência para saber quanto cobrar pelos biscoitos decorados?

Quando o assunto é concorrência, acho que podemos fazer duas observações importantes.

Primeiramente, ficar de olho na concorrência faz parte de qualquer negócio. Devemos conhecer, saber o valor médio de mercado dos nossos produtos e (por que não?) admirar outras confeiteiras que dividem com a gente esse espaço. Além disso, nossos concorrentes podem ser uma fonte de inspiração em muitos momentos. Lembrando que inspiração e cópia não são a mesma coisa.

Entretanto, o preço dos seus produtos não pode ser definido pela realidade de outro empreendimento. Dessa forma, saber quanto cobrar pelos biscoitos decorados deve ser uma decisão baseada em cálculos e conhecimento, não apenas em comparações. 

Ou seja, a sua margem de lucro deve ser compatível com os gastos e particularidades da SUA empresa e não no preço da concorrência.

Como aprendo a precificar?

Em primeiro lugar anote, anote e anote! Faça uma gestão financeira atenta e eficiente. Para saber quanto custa cada etapa dos seus biscoitos, é preciso ter controle dos seus gastos. Para isso, você pode usar uma planilha digital – que facilita muito o processo – ou mesmo optar pelo bom e velho caderninho.

Entretanto, a precificação não depende apenas de anotar quanto você gastou. Existem outros detalhes nesse processo que você precisa conhecer para se tornar uma confeiteira de sucesso. Entender o seu negócio de uma forma completa é necessário para saber quanto cobrar pelos biscoitos decorados.

Coisas que você precisa aprender para precificar corretamente os seus biscoitos:

  • Gestão financeira
  • Estratégias de preço
  • Custo fixo
  • Custo variável
  • Fluxo de caixa
  • Diferença entre lucro e pró-labore

Parece muito complicado? Estude! 

Ao contrário do que muitas acreditam, cursos de confeitaria não falam apenas sobre receitas e decoração. Sendo assim, se a precificação ainda parece muito complicada para você, invista em uma formação que pode salvar o seu empreendimento. Muitas vezes dominamos a técnica, fazemos lindos produtos, mas precisamos de uma força na parte burocrática para ajudar o negócio a deslanchar.

Na Sweet Bite Academy temos duas opções que podem te ajudar nessa questão. A primeira é o Curso de Precificação. Um conteúdo completo para te ajudar a entender mais sobre a parte financeira do seu negócio e acabar com todas as dúvidas na hora de saber quanto cobrar pelos biscoitos decorados.

Outra é o Projeto Lotus. Uma imersão formada por 8 encontros especialmente elaborados para transformar de vez o seu negócio. Cada encontro é voltado para um tema, como marketing, custos, clientes e muitos mais. Todos pensados considerando as particularidades do universo dos biscoitos decorados.

A próxima turma começa em janeiro de 2022 e ainda dá tempo de fazer a sua inscrição e participar! Você ainda terá acesso a materiais exclusivos e grupo de suporte no WhatsApp e Telegram.

Não perca a oportunidade de começar o ano com novos conhecimentos!

Vale a pena ser especialista em biscoitos decorados ou devo diversificar meus produtos?

Em primeiro lugar, ser uma especialista em biscoitos decorados, não te impede de diversificar seus produtos! Dessa forma, você pode aprimorar seus talentos na produção de biscoitos, buscar atualizações em cursos, participar de eventos do setor e, mesmo assim, trabalhar com outras variedades dentro da culinária. 

No entanto, você trabalhou e investiu para se tornar uma especialista em biscoitos decorados. Por isso, minha dica é que você os mantenha como carro chefe da sua empresa. Ou seja, mesmo que você opte por diversificar, continue investindo e acreditando nos biscoitos que te trouxeram até aqui. Afinal, o público e o mercado já te conhecem como uma fornecedora de biscoitos e isso é muito importante para a manutenção do seu negócio.

Entretanto, a diversificação continua sendo uma opção interessante para muitas confeiteiras. Afinal, além de ajudar a fidelizar clientes antigos, pode ser uma forma de atrair um novo público para o seu empreendimento. No entanto, antes de colocar a mão na massa e começar a inventar outras delícias, você precisa pensar e avaliar alguns pontos importantes. E então, vamos conhecê-los?

O primeiro passo é o planejamento

Como eu sempre digo, planejamento é fundamental. Ou seja: em um empreendimento não podemos tomar decisões de forma impensada. Assim sendo, você deve passar por algumas etapas antes de começar a criar novos produtos culinários. Vale lembrar que para vender uma mercadoria, “saber fazer” não é o suficiente. É preciso preparo.

Sendo assim, o planejamento não deve ser visto como uma burocracia chata. Ele é seu aliado! Entenda alguns pontos que devem fazer parte do planejamento de diversificação dos seus produtos:

Por que diversificar?

Afinal, por que você precisa de novos produtos no seu negócio? A ideia é aumentar as vendas, conquistar novos clientes ou você precisa vender mais por algum problema específico de caixa? Essas perguntas são importantes para definir se você vai diversificar apenas por um período, em datas comemorativas, ou se pretende incluir definitivamente os itens no seu cardápio. Além disso, essa definição vai ajudar a analisar os resultados dessa diversificação.

Como escolher os produtos?

O segundo ponto é definir quais produtos você pretende incluir no cardápio. Para isso, faça uma pequena análise do mercado. Veja quais doces são bem aceitos e buscados pelos consumidores. Entenda se ainda há espaço para novos fornecedores nesse nicho e busque um diferencial. Oferecer mais do mesmo pode não ser uma opção rentável.

Precificação

Vamos para o terceiro passo: precificação. Sendo assim, levante todos os custos dessa nova produção, verifique se vai ser preciso algum tipo de investimento ou se você já possui o material necessário para começar. Depois defina o preço dos seus novos produtos. Afinal, sem precificação correta nenhum negócio vai pra frente.

Divulgação

Agora o último passo: planejar como você vai divulgar essa produção. Faça uma comunicação diferenciada para os novos produtos. Dessa forma, seu público vai entender que você continua sendo uma especialista em biscoitos decorados, mas também oferece novas guloseimas em seu cardápio.

Depois de observar e planejar cada um desses pontos, você pode partir para a produção. Lembrando que é preciso TESTAR muitas vezes o seu produto antes de vender. Faça uma análise da receita, pense nos ajustes e convoque a família para provar! Nada de sair divulgando e aceitando encomenda antes de testar – E APROVAR – o sabor e o visual do seu novo produto.

Estou sem ideias para diversificar minha produção, e agora?

Você já optou por diversificar sua produção, mas ainda não sabe muito bem como fazer isso? Não se preocupe. É normal enfrentarmos alguma dificuldade no momento dessa decisão. No entanto, se você já é uma especialista em biscoitos decorados, não precisa fazer algo completamente fora da sua área para iniciar sua diversificação. Confira algumas ideias para começar a inovar seu cardápio, sem deixar de lado a sua especialidade:

Fuja do óbvio!

Além dos tradicionais biscoitos decorados que você já vende, que tal inovar nos sabores e combinações? Sair do óbvio, já é uma forma de começar a sua diversificação, sem deixar de lado a sua zona de conforto. Como os biscoitos são um produto versátil, você pode explorar sabores doces e salgados, embalagens diferentes, kits de presente e muito mais.

Crie versões para públicos específicos

Para aumentar o seu leque de clientes, você pode pensar em algumas opções que atendam públicos com demandas específicas. Por exemplo: que tal criar uma linha vegana? Ou sem glúten e lactose para pessoas com restrições alimentares? Você vai continuar sendo uma especialista em biscoitos decorados, mas sem deixar de lado seu potencial de diversificação! 

Um alerta especial sobre isso: tome os cuidados necessários para manter a segurança dos clientes, especialmente nas versões sem glutem e sem lactose, pois os traços desses elementos contaminam louça e instrumentos.

Escute os seus clientes

Se o cliente tem sempre razão, a voz deles deve ser ouvida! Uma ótima forma de escolher opções de diversificação para o seu negócio, é entender o que eles gostariam de consumir. Converse com eles, busque sugestões e tenho certeza que a inspiração para novos produtos virá!

Outros produtos que fazem sucesso na confeitaria

No entanto, se você quer expandir sua produção, incluindo itens da confeitaria que estejam além do universo dos biscoitos decorados, confira uma lista de opções que fazem sucesso nas vendas e podem ajudar a diversificar sua produção!

  • Cupcakes decorados ou tradicionais
  • Pirulitos de chocolate
  • Cake Pop
  • Bolos e doces no pote
  • Pão de mel recheado e coberto com chocolate
  • Balas de brigadeiro
  • Suspiros
  • Palha italiana
  • Trufas
  • Balas de coco

Ou seja, opções não faltam para você diversificar a sua produção, sem deixar de lado a sua trajetória como uma especialista em biscoitos decorados. Lembre-se de que ser especialista em algo é um diferencial que vale a pena muitas vezes!

Aproveite todas as dicas de empreendedorismo feminino que já passaram por aqui e boa sorte!

10 frases de empreendedorismo para inspirar mulheres

No Brasil, 99% das empresas são micro e pequenas e mais da metade delas é comandada por mulheres. Sendo assim, falar sobre frases de empreendedorismo, é falar também sobre cada uma dessas mulheres. Com seu trabalho elas sustentam famílias, superam casos de violência doméstica, realizam seus sonhos e movimentam a economia de um país inteiro.

No entanto, a gente sabe que empreender não é nada fácil. A verdade é que matamos bem mais do que um leão por dia para seguirmos firmes em nossos propósitos. Isso porque os desafios se apresentam das mais diferentes formas. Desde de questões práticas e logísticas. Até cansaço, exaustão e desânimo. Por isso, hoje eu trago 10 frases de empreendedorismo para você guardar naquele potinho da inspiração. Dessa forma, quando aquele dia ruim chegar, você pode mentalizar, acreditar no seu potencial e seguir em frente. 

1) “A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.” Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa

Acho essa frase fantástica. Vamos começar por ela que além de ser uma frase de empreendedorismo, é também uma grande lição. O que a vida quer da gente é realmente coragem. Os momentos bons vão existir, mas não serão para sempre. Da mesma forma, os momentos ruins vão chegar e um dia irão embora. No meio de tudo isso, precisamos estar fortes, acreditar nos propósitos e seguir em frente.

2)  “Ao fim do dia, podemos aguentar muito mais do que pensamos que podemos” Frida Kahlo

A ideia aqui não é romantizar sofrimento ou sobrecarga. Mas sim te mostrar que você é capaz de bem mais do que imagina. A falta de confiança é sua grande inimiga no processo de empreendedorismo. Por isso, acredite: você pode mais do que pensa.

3) “Faça o que você nasceu pra fazer. Você só precisa de autoconfiança.” Beyoncé

Vamos usar essa citação da diva-master Beyoncé como um dos exemplos de frases de empreendedorismo. Isso porque além de esbanjar autoconfiança, ela é uma grande inspiração para milhares de mulheres ao redor do mundo. Dessa forma, se o seu sonho é empreender e conquistar seus objetivos através dos biscoitos decorados, vá em frente. Você não precisa e não deve se contentar com algo diferente daquilo que você sonha para a sua vida.

4) “Você falhar uma vez não significa que vá falhar sempre.” Marilyn Monroe

“Mas Lara, eu já tentei e não deu certo!” Tudo bem. Errar é humano e faz parte de qualquer processo. No entanto, essa não deve ser uma justificativa para desistência. Muito pelo contrário. Você pode (e deve) usar uma experiência de “falha” como aprendizado. Afinal, nós descobrimos o que não devemos repetir ou identificamos aspectos que precisam de melhorias através dos erros. Isso faz parte do processo.

5) “Uma garota deve ser duas coisas: quem e o que ela quiser.” Coco Chanel

Que exemplo melhor para citar do que o de Coco Chanel, quando o assunto são frases de empreendedorismo para inspirar mulheres? Ela que foi um exemplo para todas nós e até hoje é um ícone dentro da moda. A lição que podemos tirar dessa frase é a que não devemos deixar que a opinião do outro nos defina. 

Nós, mulheres, podemos chegar aonde quisermos. Isso porque o nosso destino cabe somente a nós. Não tente se encaixar aonde você não cabe. Aceite os riscos, desafios e a aventura de ser quem você é.

6) “O sucesso é a soma de todos aqueles pequenos esforços diários.” Robert Collier

Na minha opinião, nenhum dom é mais importante para as empreendedoras do que a persistência. Ou seja, você pode ter talento, mas sem se esforçar diariamente, não espere grandes resultados. Isso porque o sucesso não é resultado direto de alguma habilidade e sim fruto do trabalho, aprendizado, insistência e capacidade de se adaptar. 

7) “Você não pode deixar de usar a criatividade. Quanto mais você usa, mais você tem.” Maya Angelou

A criatividade enferruja, sabia? Por isso, exercite a sua diariamente. Mesmo se você achar que não consegue “criar” biscoitos decorados originais, tente. Busque inspirações, faça testes, erre e acerte. Todo esse processo é importantíssimo para aflorar e manter sua criatividade aguçada.

8) “O ponto de partida de qualquer conquista é o desejo.” Napoleon Hill

Essa frase de empreendedorismo é interessante. Afinal como conquistar qualquer objetivo, sem desejá-lo? Ou seja, seus projetos, suas metas, partem do mesmo princípio: o desejo. Você precisa acreditar na sua ideia e ter a vontade real de fazer ela acontecer. Sem esse “querer” básico e verdadeiro, fica difícil chegar em qualquer objetivo.

9) “O conhecimento dirige a prática; no entanto, a prática aumenta o conhecimento.” Thomas Fuller

Já falei diversas vezes por aqui sobre a importância do conhecimento na confeitaria. Sempre indico cursos e formas de aprendizado para vocês. Conhecer novas técnicas e saber das novidades, é primordial para ajudar a alavancar suas vendas. Por outro lado, conhecimento na gaveta não vale para ninguém: PRATIQUE sempre. Quanto mais você se dedicar, praticar, testar receitas e decorações, mais conhecimento vai adquirir.

10) “Entenda os seus medos, mas jamais deixe que eles sufoquem os seus sonhos.” Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll

E por último, mas não menos importante, essa frase inspiradora retirada de um livro que é cheio de aprendizados. Afinal, todas nós temos medos. Ele existe e a gente não precisa fingir que ele não está ali, mas sim aprender a conviver com ele. Ou seja, você precisa sim entender e aceitar seus medos. Muitas vezes eles têm sentido e podem te fazer repensar alguma atitude. No entanto, não deixe que os medos te deixem paralisada. Ande lado a lado com os medos, sem desistir de seus sonhos. Você consegue!

 

 

Regularização de pequenos negócios

Você já é uma empreendedora, mas ainda vive na informalidade? Com certeza você não está sozinha. Isso porque essa é uma história que se repete com milhares de confeiteiras e cookiers (dentre outras atividades) espalhadas pelo país. No entanto, a regularização de pequenos negócios pode ser mais simples, rápida e fácil do que você imagina.

Primeiramente, entenda que transformar seus biscoitos decorados em um negócio de verdade, é muito importante para o futuro do seu empreendimento. Todo aprendizado, desde as técnicas de divulgação, de gestão ou gerenciamento de clientes, são etapas importantes.

Você deve entender que JÁ É uma pequena empresa e, portanto, deve se comportar como tal. Os pequenos negócios, como o seu, são importantíssimos para fazer a economia do Brasil girar. Sendo assim, em 2008, foi criada no Brasil a figura do Microempreendedor Individual, mais conhecido como MEI.

Uma alternativa financeiramente viável para a regularização de pequenos negócios. Ao se inscrever no programa, sua empresa passa a ter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), com direitos e deveres. 

Por isso, se você está com alguma dificuldade na regularização de pequenos negócios, ou já fez a sua inscrição no MEI, mas ainda tem algumas dúvidas, esse texto vai te ajudar. Vem comigo!

Quem pode ser MEI?

Antes de mais nada, entenda que o Microempreendedor Individual nada mais é do que um modelo simplificado de empresa. Ele foi criado para ser uma opção na regularização de pequenos negócios. Atendendo quem trabalha por conta própria em atividades não regulamentadas por entidades de classe, como confeitaria, cabeleireiro, artesão, eletricista, dentre outros.

Além disso, o MEI é uma categoria de negócio dentro do Simples Nacional (um sistema de tributação simplificado do governo brasileiro). De acordo com um levantamento realizado pelo Sebrae, em 2020 houve um recorde de novos cadastros para Microempreendedor Individual. Foram 2,6 milhões de novos registros, totalizando mais de 11 milhões de CNPJs ativos no Brasil.

Ou seja, mais uma demonstração da força e da importância dos pequenos empreendedores para a nossa economia. Mas afinal, quem está apto para realizar a regularização do seu pequeno negócio? Conheça agora o que é preciso para estar apta à inscrição do MEI:

  • Ter mais de 18 anos (ou mais de 16 e ser uma pessoa emancipada).
  • Não ser sócio ou titular de qualquer outra empresa.
  • Estar entre as mais de 450 atividades que se enquadram no MEI. Você pode consultá-las através do Portal do Empreendedor.
  • Ter um faturamento anual de, no máximo, R$ 81.000,00, o que equivale a R$ 6.750,00 por mês. No entanto, não existe um teto mensal, desde que ao longo do ano, o valor total não ultrapasse o limite estabelecido.

Porém, se a sua formalização ocorrer no mês de abril, por exemplo, seu faturamento deve ser equivalente a R$ 6.750 x 9. Ou seja, considerando o número de meses trabalhados dentro do regime de Microempreendedor Individual.

As vantagens da regularização de pequenos negócios

Algumas confeiteiras podem ficar receosas na hora de fazer a sua formalização. Afinal, a partir dela você vai ter um gasto extra e pagar um imposto mensal ao governo. No entanto, não há motivo para medo. A tributação do MEI é bem simples, com valores acessíveis e fácil de entender. 

Além disso, o custo desses impostos é fixo: entre R$ 56,00 e R$ 61,00, de acordo com a atividade praticada. Vale lembrar que, se por um lado você precisa pagar essa taxa mensal, por outro você terá direitos interessantes, como:

  • Benefícios previdenciários: aposentadoria por idade ou invalidez, auxílio doença, salário-maternidade e pensão por morte (nesse caso, para a família).
  • Inscrição no CNPJ de forma simples e sem custos.
  • Maior facilidade no acesso a serviços bancários, como crédito, por exemplo. Existem condições especiais para os Microempreendedores Individuais.
  • Como MEI, você tem direito a contratar UM funcionário para o seu negócio.
  • Você pode emitir nota fiscal! Isso permite que você forneça para outras empresas e eventos, por exemplo.
  • Acesso ao apoio oferecido pelo Sebrae para as micro e pequenas empresas.

Outro ponto positivo é que você vai passar muito mais credibilidade aos seus clientes. A formalização faz isso. Com a regularização do seu pequeno negócio, o público entende que a confeitaria não é um “hobby” ou uma atividade passageira em sua vida, mas sim o seu ganha pão!

Como fazer a sua inscrição

Uma das principais vantagens do MEI é a baixa burocracia. Faça a regularização do seu pequeno negócio de forma rápida e online. Confira o passo a passo abaixo:

  1. Primeiramente, faça o seu no Portal de Serviços do Governo. A inscrição é realizada de forma online também. Caso já tenha seu login e senha, passe para o próximo passo.
  2. Acesso o Portal do Empreendedor e selecione a opção FORMALIZE-SE (você vai precisar da conta criada no passo anterior).
  3. Agora você vai preencher seus dados e informações necessárias, como ramo de atividade, endereço onde vai exercer seu negócio, nome fantasia etc..
  4. Finalize o seu cadastro e pronto: a inscrição no CNPJ, na junta comercial e no INSS será realizada automaticamente.
  5. A regularização do seu pequeno negócio será comprovada pela emissão do Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI). Esse certificado é emitido no final do processo de inscrição, na seção “Próximos Passos”. Tudo isso é feito ONLINE, você não precisa assinar ou enviar nenhum documento.

Me inscrevi. E agora?

Pronto! Você já tem o seu registro de Microempreendedor Individual. Agora é importante saber o que você precisa fazer para manter seus pagamentos e declarações em dia. O DAS MEI (Documento de Arrecadação do Simples Nacional do Microempreendedor Individual) precisa ser pago mensalmente e vence todo dia 20.

Para emitir o documento é simples:

  • Acesse o Portal do Empreendedor e clique em “Já sou MEI”.
  • Selecione a opção “Pague a sua contribuição mensal”.
  • Escolha sua forma de pagamento e pronto.

A guia de pagamento do DAS não é enviada pelos Correios. Você precisa acessar o Portal do Empreendedor para emitir o documento, ou optar pela opção de débito automático. Dessa forma, o pagamento será debitado mensalmente em sua conta bancária.

Outro passo importante é providenciar a inscrição Estadual e/ou Municipal do seu negócio, assim como a autorização para emissão de Nota Fiscal Eletrônica. Lembrando que você não tem a obrigatoriedade de emitir nota fiscal nas vendas diretas para pessoas físicas, apenas para pessoas jurídicas. 

Por fim, preencha mensalmente o seu Relatório de Receitas Brutas. Ele vai ser importante para te ajudar no momento de realizar a Declaração Anual Simplificada para o MEI (DASN-SIMEI). Funciona como uma declaração de imposto de renda, porém voltada para os microempreendedores individuais. Todos os inscritos precisam fazer essa declaração anualmente, informando a sua receita bruta no ano anterior.

 

O que é persona?

Se você não está inserida no universo do marketing, talvez o termo “persona” não lhe seja muito familiar. Entretanto, a importância desse conceito para o sucesso de qualquer estratégia de divulgação e venda de produtos, é inegável. Sendo assim, se você tem um negócio, mesmo que pequeno, entender o que é persona e saber como defini-la é uma ótima iniciativa! Você vai dessa forma aprender a se comunicar melhor com seu público e vender muito mais biscoitos decorados!

Por isso, na hora de divulgar seus biscoitos decorados online, ou mesmo pensar na melhor forma de ganhar dinheiro com biscoitos decorados, ter em mente o que é persona e ter em mãos as suas características faz toda a diferença. Então, se esse assunto te interessa, vem comigo para saber como você pode entender e definir quem é a persona do seu empreendimento!

O que é persona?

Primeiramente, vamos falar um pouco sobre a base desse conceito. A persona de uma marca ou uma empresa é a representação daquilo que seria o seu “comprador ideal”. Ou seja, a pessoa com quem você quer e precisa se comunicar para vender seus produtos. Dessa forma, através de algumas metodologias de pesquisa e observação você vai coletar dados que te permitam estruturar esse personagem.

Quem é ela? Quantos anos tem? O que faz da vida? Quais são seus hábitos de consumo? Como ela gosta de se comunicar? Quais são seus objetivos e desafios? Essas são algumas das perguntas que devem ser respondidas para identificar a sua persona.

Vale lembrar que um negócio pode ter mais de um tipo de persona. Principalmente quando estamos falando de grandes empresas. Afinal, um produto pode atender a diversos tipos de consumidor. No entanto, no caso de pequenos empreendimentos, o ideal é focar em apenas uma ou duas personas. Dessa forma a sua estratégia de marketing não corre o risco de perder o foco e a efetividade.

Persona X Público-alvo

Agora que você já sabe o que é persona, vamos falar sobre a diferença entre persona e público alvo. Muitas pessoas costumam confundir esses dois conceitos. Afinal, ambos se referem aos consumidores que queremos atingir com nossa estratégia de comunicação e vendas. No entanto, quando falamos em público-alvo, as características são mais superficiais e não tão precisas quanto as de uma persona.

O público-alvo traz para o empreendedor uma massa de pessoas distintas que possuem algumas características em comum. Por exemplo, um público fictício pode ser formado por homens, da classe A/B, que tenham entre 40 e 50 anos e gostem de esportes. 

Mas será que TODOS esses homens desejam as mesmas coisas? Quais são as particularidades de cada um? Como saber se você está atingindo as pessoas certas com o seu marketing, se você não conhece as características específicas dessas pessoas?

É por isso que a definição de persona traz nuances e informações bem mais precisas. Ao estruturar de forma eficiente a sua definição de persona, você passa a ter em mãos um guia para sua estratégia de marketing. Você sabe quais são os interesses do seu público. Quais são os tipos de conteúdo que ele consome. Como você pode fazer conquistar a sua atenção e muito mais.

 

baixar grátis Ebook O que é Persona - Blog Sweet Bite

Como descobrir quem é a minha persona?

Saber o que é persona é importante sim, mas vamos à parte prática! Como eu sei para eu estou vendendo meus biscoitos decorados?

O primeiro passo é entender que não se trata de um trabalho de imaginação. É preciso coletar dados e fazer uma pesquisa entre seus clientes para descobrir características relevantes à construção dessa persona. Dentre as informações que você deve buscar, podemos destacar:

  • Idade
  • Escolaridade
  • Ocupação
  • Hábitos
  • Frustrações
  • Informações sobre a rotina
  • Desafios
  • Crenças
  • Hobbies
  • Estilo de vida
  • Estrutura familiar
  • Hábitos de compra
  • Quais mídias preferem
  • Quem os influencia
  • Quais tecnologias usa
  • Onde busca informação
  • Critérios de decisão na hora da compra

Após coletar esses dados, é o momento de analisá-los. Observe os pontos em comum entre eles, o que há de mais relevante, o que se repete entre os consumidores. Entenda que cada informação tem o seu papel na hora de criar a sua persona.

Conheça o Ebook: O que é PERSONA? Saiba como entender e definir a sua.

 

baixar grátis Ebook O que é Persona - Blog Sweet Bite

 

Sabendo que esse é um assunto super importante, mas ao mesmo tempo um tanto complexo para muitas empreendedoras, a Sweet Bite acaba de lançar um novo ebook cheio de informações preciosas. Esse conteúdo é totalmente gratuito e você pode fazer o seu download agora mesmo!

Nele você vai encontrar informações específicas sobre o conceito de o que é persona, ideias e detalhes de como você pode realizar a pesquisa e coleta de dados com seus clientes. Além de alguns exemplos práticos para construir a sua persona de forma efetiva.

Dicas de Empreendedorismo Feminino

No mês de novembro é celebrado o Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino. Essa data foi criada pelas Nações Unidas, em parceria com diversas instituições ao redor do mundo. Seu principal intuito, é incentivar as mulheres que desejam ter seu próprio negócio. Além disso, traz à tona uma importante discussão sobre o impacto causado pela desigualdade de gênero no mercado de trabalho.

Aqui na Sweet Bite, nós acreditamos muito no potencial do empreendedorismo feminino. Dessa forma, nosso trabalho é voltado para ajudar mulheres que desejam tocar seus negócios de forma rentável e segura. Por isso, criamos e divulgamos uma série de cursos, congressos e conteúdos com essa temática. Com isso, estimulamos muitas mulheres a tomarem as rédeas dos próprios destinos. Isso faz a economia girar, além de mudar a realidade de milhares de confeiteiras espalhadas pelo país. 

Sendo assim, hoje o nosso papo é sobre dicas de empreendedorismo feminino. Especialmente para vocês que estão precisando desse empurrãozinho ou que estão enfrentando alguns obstáculos na arte de empreender.

Como está o empreendedorismo feminino no Brasil?

Inicialmente, vale dizer que são cerca de 52 milhões de pessoas tocando o próprio negócio no nosso país. Desse total, 41% é formado pelo público feminino. Além disso, a maioria dessas mulheres têm idades entre 18 e 41 anos. Por conta desses números, o Brasil ocupa a 7ª posição mundial entre os países com maior número de mulheres entre os empreendedores iniciais (aqueles que possuem negócios com tempo inferior a 42 meses).

Apesar de ser uma boa notícia, outros fatores devem ser observados quando falamos em empreendedorismo feminino no Brasil. Por exemplo, o número de mulheres que desiste dos seus negócios é muito maior do que o dos homens. A transição de “empreendedoras” para “donas de negócio” é 40% menor entre o sexo feminino. Esses dados estão presentes no Relatório Especial de Empreendedorismo Feminino, publicado pelo Sebrae em 2019.

Outro ponto importante é que mulheres empreendedoras costumam ganhar 22% menos do que os homens. Além disso, a proporção de mulheres que se tornam empreendedoras por necessidade, é maior que a dos homens. Com isso, muitas dessas mulheres são também chefes de família e enfrentam os desafios de empreender, cuidar dos filhos, da casa, além de serem responsáveis pelo sustento de todos.

Por que insistir no caminho do empreendedorismo feminino?

Afinal, se as dificuldades são tantas, por que as mulheres devem continuar buscando seu espaço nesse meio? Por diversas razões, na verdade. Os obstáculos existem sim, mas eles já foram maiores. Além disso, cada vez que uma mulher ganha seu espaço como dona de um negócio, ela vai abrindo caminho para muitas outras que vem atrás. Apesar dos desafios e preconceitos, as mulheres vêm se firmando no mercado como ótimas líderes e empreendedoras.

Isso porque elas acreditam na capacitação como forma de crescimento e, por isso, estão sempre buscando melhorar suas habilidades. Além disso, são determinadas, têm facilidade para gerir o próprio tempo e sabem se adaptar em momentos de crise. Dessa forma, o empreendedorismo feminino vem ganhando espaço nas mais diversas áreas. Desde pequenos negócios, até grandes empresas. Não há mais dúvida: o potencial das mulheres é inegável.

Por isso, confira algumas dicas que podem fazer a diferença no sucesso do seu empreendimento.

O primeiro ponto: por que você quer empreender?

Entender o seu propósito nessa jornada de empreendedorismo feminino é muito importante. O propósito é o que te move, é a sua inspiração. É ele quem vai te empurrar e não te deixar desistir quando o primeiro obstáculo surgir. Dessa forma, se você não sabe bem porque quer se tornar uma empreendedora, talvez ainda não seja o momento certo de começar.

Escolha a sua área de atuação com cuidado

Fazer um estudo do mercado antes de começar seu negócio é muito importante. Muitas vezes acreditamos que temos uma ótima oportunidade nas mãos, mas descobrimos que no dia a dia não é tão simples assim. Por isso, abuse dessa maravilha chamada internet e PESQUISE. Observe a concorrência, quem seriam seus clientes em potencial, veja se já existem lojas especializadas no seu setor, pense naquilo que você poderia oferecer como diferencial etc..

Tenha um bom planejamento

Você pode ser talentosa e ter boas ideias, mas sem planejamento, todos os seus planos de empreendedorismo feminino podem ir pelo ralo. Por isso, é importante pensar nas etapas do processo, ter uma boa organização financeira e traçar metas viáveis para o seu empreendimento. Muitas vezes queremos atingir o topo, sem subir todos os degraus e, quando não conseguimos, a frustração vem. Então, acredite no processo, ele é importante. Você precisa passar por cada pequena etapa, antes de atingir seus objetivos maiores.

Busque redes de empreendedorismo feminino

Saber que não estamos sozinhas é reconfortante. Assim como você, outras mulheres estão por aí, tentando fazer seu negócio dar certo. Existem diversas redes de empreendedorismo feminino que fornecem apoio e aprendizado, ambos muito importantes nesse processo. Além disso, é importante estarmos inseridas em uma rede que compartilha nossos anseios, dúvidas e comemora nossas conquistas. Tudo isso vai te dar força e foco para continuar.

Esteja pronta para as críticas

Sim, elas vão existir. Sejam críticas sobre o resultado do seu trabalho, sobre o produto que você oferece ou mesmo pela sua ideia de se tornar uma mulher empreendedora. A aprovação total simplesmente não existe. Aceite que você não vai ser capaz de agradar a todos, mas não feche os olhos para os comentários que receber. Nem toda crítica é ruim. Muitas vezes elas acendem um alerta sobre algo que podemos melhorar ou fazer de outra forma, por isso, aprenda a separar o joio do trigo.

Faça cursos de capacitação

Não importa o quanto você já saiba, há sempre algo novo a ser aprendido. O empreendedorismo feminino é um caminho com muitos desafios e para enfrentá-los você precisa estar sempre atualizada no seu nicho de mercado. Nós confeiteiras, por exemplo, devemos sempre aprimorar nossas técnicas, além de aprender coisas novas em cursos e congressos da nossa área. Além disso, busque e invista em conhecimentos de gestão. Não basta ser boa fazendo biscoitos, é preciso ser uma boa empreendedora também!

Como fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano

E mais um ano vai acabando, Natal tá batendo na porta, festas de fim de ano chegando e junto com elas aqueles gastos que sempre deixam todo mundo apertado financeiramente. Por outro lado, temos uma boa notícia: é possível fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano. Para nós, empreendedoras, que não temos 13º salário, é muito importante aproveitar datas como essa para ampliar nossas vendas.

Sendo assim, se você ainda não programou a sua estratégia de vendas, a hora é agora. Eu mesma estou terminando minha coleção de Natal. Isso porque falta pouco mais de um mês para o Natal e se você não estiver com tudo em cima, não vai conseguir fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano. Para isso, é importante definir os modelos que você vai produzir, escolher as receitas, pensar em formas de oferecer seus produtos (kits de presente, por exemplo) e arrasar na estratégia de divulgação. 

O Natal é ótimo para presentear com guloseimas

Já pensou nisso? O Natal é tradicionalmente uma época gastronômica. As pessoas se reúnem para celebrar, sempre em volta de comidas deliciosas e afetivas. Além disso, é comum que ocorra troca de presentes entre amigos e familiares. Dessa forma, presentear com comidinhas gostosas, já se tornou algo muito comum no Natal.

Com certeza você se recorda de ter sido presenteado, ou ter dado de presente algum doce no Natal. Sejam eles biscoitos, bombons ou cupcakes, o fato é que fazem sucesso! Além disso, existe o hábito de sempre levar alguma coisa “de comer” para o anfitrião servir junto com a ceia natalina. E é justamente por conta dessas tradições que você vai conseguir fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano! 

Mas atenção, nada de sair investindo seu dinheiro sem pensar direitinho em um planejamento. Nesse momento é importante ter organização financeira, conhecimento de técnicas e boas ideias para fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano.

O que você precisa para fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano

Agora que você já sabe que é possível aumentar sua renda no Natal, vamos para a parte prática! Afinal, não é só colocar uma massa no forno e sair vendendo. Por isso, vamos dar uma olhada em algumas dicas preciosas que vão te ajudar nessa empreitada.

Vem comigo ganhar dinheiro nesse fim de ano!

Crie biscoitos decorados originais

Em primeiro lugar, criar biscoitos decorados originais, não significa que você precise inventar algo que NUNCA foi feito antes para ter sucesso nas suas vendas. Entretanto, é realmente importante fazer uma pesquisa, buscar ideias e inspirações antes de começar a produzir. A boa notícia é que temos um vasto catálogo de opções espalhadas pelas redes sociais como Instagram, Pinterest e até mesmo no bom e velho Google.

A ideia não é copiar o que você encontra ali, e sim aproveitar essas inspirações para imprimir a SUA autenticidade nos biscoitos. Ou seja, inspiração e cópia são coisas bem distintas! Quer ter várias ideias de biscoitos de Natal, todas em um só lugar? O ebook deste mês pode te ajudar. Aproveite para baixar logo o seu.

Diversifique a sua produção

Para fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano, é importante ter diferentes produtos para oferecer. Além dos biscoitos lindos e cheios de detalhes, tenha uma versão mais básica. Por exemplo, um potinho de vidro cheio de biscoitos com sabor de especiarias e em formatos natalinos, seria uma linda opção de presente. Outra saída interessante é pensar em kits de presentes, que tenham algum valor agregado, como biscoitos + um kit de chá.

É hora de colocar a imaginação pra funcionar e mostrar o seu diferencial!

Acerte nos preços

Essa dica é uma das principais para qualquer empreendedora, por isso sempre falo nela por aqui! Suas vendas não terão o retorno que você espera se você não souber como precificar corretamente seus biscoitos.

Para evitar surpresas desagradáveis, você precisa pensar no seu negócio de forma global. Contabilizando cada item da sua planilha, antes de definir o valor final para venda. Isso vale tanto para ingredientes, quanto para luz, gás, internet, transporte… Ou seja, aprender sobre precificação é fundamental para quem quer fazer uma grana extra com biscoitos decorados no fim do ano.

 

>>> Precisa aprender mais sobre o assunto? Conheça o curso de precificação da Sweet Bite Academy! <<<

Divulgação, divulgação e divulgação

Propaganda é a alma do negócio, não é mesmo? Para fazer uma renda extra com biscoitos decorados no fim do ano é necessário criar uma estratégia de divulgação. Para isso, saiba como extrair o melhor das ferramentas online, como as redes sociais, e aposte nelas como suas aliadas no processo de vendas.

Lembre-se também que aprender a divulgar os seus biscoitos decorados é importante para o sucesso do seu negócio em TODAS as épocas do ano, não apenas no Natal. Além das redes, também existem opções de divulgação offline que podem ser exploradas.  Seja na escola dos seus filhos, no seu condomínio, em feiras gastronômicas e até em salões de beleza do seu bairro! O importante é que as pessoas saibam o que você está fazendo e como podem chegar até você para realizar a compra.

Aposte nas fotos

Como já conversamos por aqui, tirar fotos perfeitas dos seus biscoitos decorados pode ser mais fácil do que você imagina. As fotos são o primeiro contato entre você e seus clientes em potencial. Por isso, é muito importante que elas representem toda a sua criatividade, técnica e conhecimento!

Afinal, você compraria um biscoito decorado sem ver uma foto legal deles? Então, nada de esquecer de registrar suas produções. Dedique um pouco de tempo para isso e pode ter certeza que o retorno será promissor.

Agora que você já anotou todas as dicas, é hora de colocar a mão na massa e começar a sua produção natalina de 2021! Boa sorte!

Gerenciamento de clientes na confeitaria

Desde que comecei esse blog, já abordei alguns assuntos importantes para ajudar você e o seu negócio de biscoitos decorados. Já conversamos sobre como divulgar seus biscoitos para vender mais, sobre dicas de cursos, sobre cortadores, organização financeira e muito mais! No entanto, hoje eu quero falar um pouco sobre gerenciamento de clientes na confeitaria. Você sabe o que é isso? Para que serve e por que é tão importante para vender mais biscoitos decorados? Então prepara o café e vem comigo pro nosso papo de blog!

Primeiramente, vou traçar uma visão geral do que é o gerenciamento de clientes. Nada mais é do que a capacidade de estabelecer uma relação com a sua clientela para melhorar seu empreendimento. É através do gerenciamento de clientes na confeitaria que você vai conseguir vender mais biscoitos decorados. Além de aprender novas técnicas, entender como precificar seus produtos ou como divulgar seus biscoitos, é preciso entender como o relacionamento com clientes é parte fundamental do seu negócio.

Baixe-Gratis-Planilha-Gestão-de-Clientes-Biscoitos-Decorados-SweetBite

Você sabe como o seu cliente chega até você?

Essa pergunta pode parecer simples, mas muitas confeiteiras não sabem e, muitas vezes, também não perguntam. Afinal, como esse cliente chegou até você? Será que foi através de uma indicação? Ou encontrou seus produtos no Google? Nas redes sociais? Mas afinal, por que é importante para o gerenciamento de clientes na confeitaria, saber como os compradores te encontraram?

A princípio, saber como seus clientes chegaram até você é uma forma de verificar se a divulgação do seu trabalho está sendo efetiva. Se a maioria dos clientes é fruto de uma indicação, isso pode significar que você tem um ótimo produto, porém precisa melhorar outros pontos. É o caso de reavaliar a sua presença nas redes sociais, verificar seu site e sua forma de divulgação offline também. Ou seja, essa informação ajuda a fazer uma análise da sua estratégia de marketing.

5 passos para começar o gerenciamento de clientes na confeitaria

O gerenciamento de clientes envolve uma série de práticas. Todas elas têm como objetivo melhorar o seu relacionamento com os clientes para vender mais biscoitos decorados. Para que isso aconteça, vamos observar os 5 principais passos para começar o seu gerenciamento de clientes na confeitaria:

  1. Coletar informações. Esse é o primeiro passo para realizar qualquer controle de clientes na confeitaria. Dentre as informações que devem ser coletadas estão nome, endereço, telefone, tipo de pedido, como chegou até você e data de aniversário.
  2. Criar uma planilha para controlar os seus clientes. Com todas as informações coletadas no passo 1, você vai montar um documento para facilitar a sua gestão. Pode ser digital ou mesmo num caderno, mas os modelos digitais trazem facilidades para o seu dia a dia.
  3. Após anotar todas as informações, faça uma análise dos seus clientes. Quantos são novos? Quantos pedem sempre? São pedidos grandes ou pequenos? Enfim, use o gerenciamento de clientes na confeitaria para traçar um perfil de cada um e traçar suas novas estratégias de venda.
  4. Com as informações pessoais em mãos, crie uma rotina de relacionamento. Ou seja, mande mensagens para os clientes no dia do aniversário, ofereça descontos no mês de aniversário, divulgue novidades da sua produção, kits de presentes para datas especiais, promoções etc. Afinal, quem não é visto não é lembrado!
  5. Por fim, mas não menos importante, use o gerenciamento de clientes na confeitaria para receber um feedback. Abra espaço para críticas, elogios e sugestões. É muito importante para o cliente saber que você se preocupa com a opinião dele.

E não esqueça: o gerenciamento de clientes na confeitaria traz inúmeras vantagens para o seu negócio! Como aumentar nas vendas, atendimento mais eficientes, melhor relacionamento com clientes, além de ajudar a aumentar sua lucratividade.

Porque você deve começar logo o seu gerenciamento de clientes na confeitaria

Primeiramente, o gerenciamento de clientes na confeitaria ajuda a organizar o seu negócio e aproveitar as oportunidades de venda. Além de estimular a criação de um relacionamento individualizado com a clientela. Vale lembrar que saber fidelizar seus clientes é o segredo para vender mais biscoitos decorados. Afinal, quanto mais oportunidades o cliente tiver de comprar os seus biscoitos, mais chances você tem de efetuar essa venda.

Com o gerenciamento de clientes na confeitaria, você vai saber, por exemplo, se a “Joana” costuma comprar biscoitos para presentear as pessoas em datas comemorativas. Ou quando é a data do aniversário do filho da “Paula”, aproveitando a data para oferecer seus produtos. Com a planilha para controlar clientes, fica muito mais fácil identificar as pessoas que sempre compram com você. Além de identificar também oportunidades para expandir essa clientela!

Baixe-Gratis-Planilha-Gestão-de-Clientes-Biscoitos-Decorados-SweetBite

Principais benefícios do gerenciamento de clientes na confeitaria

Como falei anteriormente, existem diversas vantagens em começar a controlar seus clientes na confeitaria. Melhorias na organização, aumento das vendas, atendimento eficaz… Mesmo assim, para facilitar, vou destacar os principais benefícios dessa prática:

  • Aumento das vendas por conta da antecipação das necessidades do mercado. Ou seja, você faz a análise dos seus clientes e consegue oferecer seus produtos na hora certa. Quando a chance de efetuar a venda é maior.
  • Divulgação de promoções e novidades da sua produção. Com isso, você consegue sugerir alternativas que o cliente talvez não tenha pensado. Isso gera novas vendas e maior lucratividade para o seu negócio.
  • Identificar quais são os seus clientes mais rentáveis e quais compraram poucas vezes. Com essa informação em mãos você consegue identificar oportunidades de negócio entre a sua clientela.  Além de poder trabalhar os clientes que consomem menos, através de estratégias para fidelizar esse público também. 
  • Maior fidelização e satisfação dos clientes de forma geral.
  • Garantia de um atendimento personalizado, atento e que pode ser o seu diferencial no mercado de biscoitos decorados!

Agora que você já entendeu a importância do gerenciamento de clientes na confeitaria, é hora de colocar a mão na massa. Que tal começar hoje? Tenho certeza que o conteúdo da Sweet Bite pode te ajudar nisso!

Saiba tudo sobre o próximo Cookie Art Show!

Antes de tudo, vamos lembrar que a próxima edição do Cookie Art Show, maior congresso de biscoitos decorados online da América Latina, começa no dia 27 de setembro de 2021! Por isso, hoje preparei um post com tudo que você precisa saber sobre o evento. Ou seja, desde o porque é importante participar e como fazer a sua inscrição, até informações sobre a programação e tudo que vai rolar nesse congresso de confeitaria! Vamos lá?

Primeiramente, vale lembrar que nós já trocamos uma ideia por aqui sobre a importância de um congresso de biscoitos decorados para as confeiteiras. Afinal, eventos como o Cookie Art Show são espaços de muito aprendizado e crescimento profissional. Por isso, se você quer estar por dentro das principais tendências do mercado, aumentar seu networking e adquirir importantes conhecimentos sobre gestão para confeitaria, não deixe de participar!

Como faço para participar do Cookie Arts Show?

Vale lembrar que o primeiro passo para participar da próxima edição do Cookie Art Show é fazer a sua inscrição. Mas pode ficar tranquila, porque o processo é todo online e super fácil de fazer.  Já em relação a data de início e duração do evento,  já está chegando: o congresso começa no dia 27 de setembro e vai até o dia 1º de outubro de 2021. Todas as aulas de biscoito decorado, mesas redondas e encontros no Zoom começam na parte da tarde e você pode dar uma olhada na programação através do site do evento ou pelo Instagram do Cookie Art Show.

Além disso, nessa edição, você pode escolher entre as duas opções de ingresso disponíveis para o congresso de confeiteiras: Week Pass ou Vip. Ambos podem ser parcelados em até 12x no cartão de crédito, no entanto, o ingresso Vip, além do acesso ao evento, garante participação em sorteios, o acesso às apostilas, ao replay das aulas e muito mais. Confira abaixo as vantagens de cada um:

Com o ingresso Week Pass você tem acesso a:

  • Plataforma durante o evento
  • Aulas no momento da transmissão (entre 27/09/21 e 01/10/21)
  • Sessões de Zoom
  • Sessões de mesa redonda
  • Encontro no Zoom com Marta Torres
  • Aulas especiais durante o evento
  • Valor: 12x de R$ 12,70 ou R$ 127,00 à vista

Com o ingresso VIP você tem acesso a:

  • Plataforma durante o evento
  • Aulas no momento da transmissão (entre 27/09/21 e 01/10/21)
  • Sessões de Zoom
  • Sessões de mesa redonda
  • Encontro no Zoom com Marta Torres
  • Aulas especiais durante o evento
  • Sorteio de apoiadores
  • Replay
  • Apostilas
  • Assistir às aulas por 1 ano
  • Valor: 12x de 49,70 ou R$ 497,00 à vista

As trilhas de conhecimento

Para facilitar e enriquecer o processo de aprendizado, todo o conteúdo programado para esse grande curso de biscoitos decorados, foi separado em 4 trilhas de conhecimento. Dessa forma, vamos aprofundar cada tema, garantindo que uma aula seja complementar a outra. Com isso, todos os participantes terão uma experiência muito mais rica com o Cookie Art Show.

Conforme divulgado anteriormente, as 4 trilhas de conhecimento escolhidas são: Primavera, Halloween, Gestão e Natal. Os temas foram selecionados pelo grande apelo comercial dessas datas no segundo semestre do ano. Ou seja, dá tempo de aprender muito e ainda colocar em prática suas ideias para vender biscoitos decorados de Halloween, por exemplo. Ou juntar todo o aprendizado sobre gestão para garantir que seu negócio chegue ao fim do ano vendendo biscoitos decorados de Natal, enquanto esbanja saúde financeira.

Para a edição de 2021 do Cookie Art Show, preparamos algumas surpresas! Serão dois palcos, onde as 28 professoras, nacionais e internacionais, vão garantir que você tenha a melhor experiência de aprendizado possível. Além disso, você terá acesso a toda a programação (aulas, mesas redondas, encontros no Zoom, feiras virtuais…) através da  plataforma da Sweet Bite. Para isso, criamos uma ferramenta 100% integrada, que facilita o aprendizado e a imersão no universo cookier durante a participação no evento.

Como surgiu o Cookie Art Show?

O projeto do Cookie Art Show é uma iniciativa da Sweet Bite Academy. O intuito era criar um ambiente de aprendizado muito rico, que pudesse ajudar a alavancar o mercado de biscoitos decorados no Brasil. Afinal, apesar da vasta oferta de cursos de biscoitos decorados, as opções de congresso nesse tema ainda são poucas no país.

Diferentemente do aprendizado que absorvemos em uma aula de biscoitos decorados, por exemplo, o congresso oferece uma possibilidade mais ampla. Isso porque, além de trabalhar as técnicas, ele aumenta as suas chances de criar um networking. Além disso, traz lições importantes sobre gestão na confeitaria e proporciona a possibilidade de estar com grandes especialistas da área em um só evento.

O Cookie Art Show tem como principal objetivo transformar seus biscoitos decorados em um empreendimento real. Uma nova perspectiva para o seu negócio e para a sua vida financeira como empreendedora. Mais de 1800 pessoas já participaram e tiveram a chance de mudar seus empreendimentos para melhor. Agora é a sua vez!

É importante participar de um congresso de biscoitos decorados?

Antes de tudo, nós já falamos com vocês sobre a importância do aprendizado como forma de crescimento profissional. Além disso, já fizemos um post aqui no blog falando sobre alguns cursos de biscoitos decorados que vão fazer o diferencial na sua jornada como confeiteira. No entanto, hoje eu quero falar sobre uma forma de aprendizado no mundo das cookiers que nem todas as pessoas conhecem ou entendem a relevância: os congressos de biscoitos decorados. Você já participou de um? Sabe por que eles são tão importantes? Então vem comigo que hoje vou explicar!

Antes de mais nada, seja qual for a sua área de atuação, congressos são espaços importantíssimos de aprendizado e troca de experiências. São ótimas oportunidades para sua evolução profissional e para criar um networking de peso para o seu negócio.

Em um congresso de biscoitos decorados, você não aprende apenas sobre técnicas em aulas de biscoito decorado. Você também entende um pouco mais sobre as tendências do mercado e sobre o seu negócio como um todo. Dessa forma, os palestrantes, que são especialistas no setor, vão trazer novidades e importantes dicas de gestão para confeitaria. Afinal de contas, sem saber administrar o seu negócio, fica muito mais difícil ganhar dinheiro com biscoitos decorados!

Assim, saiba que o dinheiro que você usa para participar de um congresso de biscoitos decorados é, na verdade, um super investimento para o futuro do seu negócio. Muitas vezes, quando analisamos apenas o “custo”, desistimos de buscar aprendizados e atualizações que são a chave do nosso crescimento profissional. Acima de tudo, você já ouviu aquela frase que diz: não podemos esperar resultados diferentes quando fazemos tudo sempre igual? Acredite, evoluir é preciso!

O que eu posso aprender em um congresso de biscoitos decorados?

Inicialmente você deve avaliar o que esse evento oferece para você. Quando você decide participar de qualquer curso, palestra ou congresso, é importante analisar o conteúdo proposto e definir se o mesmo oferece aquilo que você está procurando. No próximo Cookie Art Show, o maior congresso online de biscoitos decorados da América Latina, serão abordadas 4 principais trilhas de conhecimento:

  • Primavera
  • Halloween
  • Gestão
  • Natal

Chamamos de trilhas de conhecimento porque serão várias aulas relacionadas com o mesmo tema. Escolhemos esses temas porque são de grande relevância para as vendas do segundo semestre. Dessa forma, os participantes terão a chance de acompanhar diferentes tipos de aprendizados. A ideia é que possam aplicar seus novos conhecimentos para garantir melhores vendas nos próximos meses! Afinal, Primavera, Halloween e Natal, são datas comerciais que sempre trazem grande retorno para quem trabalha com confeitaria. Mas, além disso, oferecer aulas sobre gestão é um diferencial do nosso congresso de biscoitos decorados.

Temos consciência de que todo empreendedor precisa aprender sobre:

Na verdade, há muitos outros temas relevantes! E é claro, que cada congresso tem o seu foco específico. Em outras palavras: o ideal é você sim, participar de congressos de biscoitos decorados, mas também ficar de olho em outros cursos de biscoitos decorados que possam ir complementando sua formação.

Quais são as vantagens do Cookie Art Show?

De cara, tem a vantagem de ser um congresso de biscoitos decorados totalmente online. E ser online já apresenta muitas vantagens:

  • segurança para os participantes, já que ainda estamos vivendo os impactos da pandemia de Covid-19;
  • o investimento para participar é muito menor do que se o congresso fosse presencial. Afinal, quando precisamos nos deslocar para um congresso, existe toda a logística de viagem (caso seja em outra cidade ou estado), além do custo de hospedagem e deslocamento;
  • no Cookie Art Show você tem o conforto de participar de um dos melhores congressos de biscoitos decorados, sem precisar sair da sua casa!

Além disso, nessa edição teremos 2 palcos e a participação de 28 professoras, nacionais e internacionais. Os participantes terão acesso a mesas redondas, networking, feira virtual, sorteios e muitas possibilidades de ampliar seus conhecimentos.

O Cookie Art Show vai acontecer dentro da plataforma da Sweet Bite, através de uma ferramenta 100% integrada com o nosso site. Isso garante uma experiência facilitada para todos os participantes e totalmente imersiva no universo cookier.

Como eu posso participar?

A próxima edição do Cookie Art Show vai acontecer entre os dias 27 de setembro e 1º de outubro. A programação e todas as informações sobre o maior congresso de biscoitos decorados online da América Latina, você encontra no site da Sweet Bite ou no Instagram do Cookie Art Show.

As inscrições são online! É muito fácil se inscrever! Além de tudo, você pode escolher entre as opções de ingresso “Week Pass” ou ingresso “Vip”. Na opção do “Vip”, além do acesso às aulas durante o congresso, você participa do sorteio dos apoiadores, tem acesso ao replay, recebe as apostilas completas e pode assistir novamente às aulas por um ano. Além disso, as inscrições, tanto no “Week Pass”, quanto no “Vip”, podem ser parceladas em até 12x no cartão.

Não perca essa oportunidade de ampliar seus conhecimentos!